Brasil: el Movimiento Pase Libre denuncia en la Justicia al gobierno de San Pablo por represiones en protestas

O Movimento Passe Livre (MPL), junto com outras organizações sociais, ingressará na Justiça com uma ação coletiva contra as altas instâncias do governo de São Paulo nesta quinta-feira (29). Os movimentos exigem uma investigação devido à repressão policial durante as manifestações contra o aumento das tarifas do transporte público no mês de junho na capital paulista. Entre as organizações que integram a ação estão as Mães de Maio e a Uneafro.

Para apresentar a ação, será feita uma coletiva de imprensa na parte da manhã no Memorial da América Latina, na Barra Funda, em São Paulo. Entre as medidas, os movimentos solicitam a abertura de investigação contra o comandante da Polícia Militar responsável pelas ações do dia 13 de junho, que foi marcado por fortes cenas de violência policial.

Será apresentada também uma representação para a Procuradoria Federal dos Direitos do Cidadão. Os movimentos entendem que há indícios de que as ações de repressão foram coordenadas por órgãos como o governo do estado de São Paulo, a Secretaria de Segurança Pública e o comando geral da PM.

“Pedimos a apuração sobre a responsabilidade destes órgãos pela ação policial no ato do dia 13/06, assim como a responsabilização dos que violaram direitos da população”, disse em nota o MPL.

Durante o ato pela revogação do aumento das tarifas do transporte público de São Paulo, no dia 13 de junho, a Polícia Militar interveio violentamente com bombas e tiros de balas de borracha, que foram disparados indiscriminadamente nos manifestantes. Dezenas de pessoas ficaram feridas e centenas foram presas.

Organizações que integram a ação:

Movimento Passe Livre

Mães de Maio

Desentorpecendo a Razão (D.A.R.)

Conectas

Comitê contra o Genocídio

Instituto Praxis

Associação Cristãos pela Abolição da Tortura

Marcha Mundial das Mulheres

Uneafro

ITTC

Pastoral Carcerária

Pastoral da Juventude

Instituto Luiz Gama

Rede 2 de Outubro

Rede Rua

Margens Clínicas

Frente de Esculacho Popular

<Serviço>

Coletiva de apresentação de ação coletiva contra a repressão policial

29/08, às 10h

Tenda Maria Lacerda Moura – Memorial da América Latina

Av. Auro Soares de Moura Andrade, 664 – Barra Funda, São Paulo, 01156-001

Por uma vida sem grades e catracas,

Movimento Passe Livre – São Paulo (MPL-SP)

 

http://www.brasildefato.com.br/node/25680