Brasil: prohíben utilizar grúas en construcción de estadio tras tragedia en la que murieron dos trabajadores

Ministério do Trabalho interdita guindastes do Itaquerão

A Superintendência Regional do Trabalho e Emprego do Estado de São Paulo (SRTE-SP) interditou nesta quinta-feira nove guindastes usados nas obras da Arena do Corinthians. A ação foi tomada depois do acidente desta quarta, que matou dois operários: Fábio Luiz Pereira e Ronaldo de Oliveira dos Santos.

De acordo com o superintendente da SRTE/SP, Luiz Antônio Medeiros, os equipamentos serão liberados quando a Odebrecht garantir a sua segurança. “Assim que a empresa comprovar a segurança na movimentação de cargas, as medidas de proteção que serão adotadas e que não há mais riscos de acidentes, haverá liberação por parte do Ministério do Trabalho”, afirmou.

A SRTE/SP entregou um laudo à construtora explicando também que será preciso evidenciar que os trabalhadores envolvidos na operação, manutenção, inspeção e demais intervenções em máquinas e equipamentos receberam capacitação profissional adequada. A Odebrecht deve ainda apresentar os projetos de movimentação de carga para a execução da cobertura da Arena Corinthians e providenciar o plano de retirada das estruturas danificadas pelo acidente do dia 27 de novembro.

Em vistoria realizada nesta quinta, a Defesa Civil decidiu manter a interdição inicial de 30% da área leste do estádio, onde houve o acidente com um guindaste. A área interditada corresponde a aproximadamente 5% do estádio. A causa do estrago ainda não foi identificada e deve ser definida pela perícia técnica.

http://www.estadao.com.br/noticias/esportes,ministerio-do-trabalho-interdita-guindastes-do-itaquerao,1101924,0.htm