Brasil: Movimiento Sin Tierra y Sindicato de Maestros ocupan prefectura municipal en Alagoas

MST e Sindicato dos Educadores ocupam a Prefeitura municipal de Atalaia

Trabalhadores do município de Atalaia, 45 quilômentros distante de Maceió(AL) ocuparam na manhã desta segunda-feira (06/01) a sede da prefeitura da cidade. Com faixas, bandeiras e palavras de ordem, os manifestantes que se organizam no Comitê Popular em Defesa de Atalaia reivindicam condições dignas para a população atalaiense, com apelo para melhorias na educação e saúde.

“Nos postos de saúde e no hospital faltam ambulâncias, médicos e remédios. Os povoados estão abandonados às escuras. A violência explode em todos os cantos de Atalaia e o sentimento de insegurança e medo toma conta do nosso povo”, afirma Margarida Silva, também do Comitê.

O movimento é coordenado pelo Sindicato dos Educadores de Atalaia (Seata) e pelo MST.

http://www.brasildefato.com.br/node/26998