“Vou a Nova York porque estou cansado de ver matéria negativa sobre o Brasil na mídia internacional. Temos a menor taxa de desemprego do mundo, e aí falam de inflação. Mas não dizem que quem defende inflação zero defende tirar o emprego” – Lula, expresidente de Brasil

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva se encontrou nesta terça-feira com o ex-presidente dos EUA, Bill Clinton, por cerca de uma hora, em Nova York. Eles conversaram sobre como o Instituto Lula e a Fundação Clinton podem trabalhar juntos para o desenvolvimento e o combate à fome na África. Objetivo é buscar soluções para a agricultura e para a falta de energia no continente.

Lula apresentou a resolução tirada no encontro “Novos enfoques unificados para erradicar a fome na África até 2025″ em Adis Abeba (Etiópia) e que foi organizado pelo Instituto Lula, FAO e União Africana em junho e julho do ano passado e adotada pela União Africana na última reunião de sua comissão, em janeiro deste ano. O programa será implantado como piloto em quatro países: Etiópia, Angola, Malauí e Níger.

Ex-presidente embarcou nesta segunda-feira (10) ao país e deixou de comparecer à cerimônia de 34 anos do PT. Segundo ele, viagem foi de extrema importância para defender a política econômica brasileira: “Vou a Nova York porque estou cansado de ver matéria negativa sobre o Brasil na mídia internacional. Temos a menor taxa de desemprego do mundo, e aí falam de inflação. Mas não dizem que quem defende inflação zero defende tirar o emprego”, disse.

http://www.brasil247.com/pt/247/mundo/129918/Clinton-se-une-a-Lula-no-combate-%C3%A0-fome-na-%C3%81frica.htm