Brasil: con la presencia de Dilma, Lula celebra sus 70 años

Dilma participa da comemoração dos 70 anos de Lula em São Paulo

A presidenta Dilma Roussef participou na terça-feira (27) à noite da comemoração do aniversário de 70 anos do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. A festa ocorreu em uma casa vizinha ao Instituto Lula, no Bairro do Ipiranga, na capital paulista. Ela chegou às 20h, acompanhada pelo ministro da Casa Civil, Jaques Wagner. Dilma foi embora às 21h15 e não falou com a imprensa.

O presidente do Partido dos Trabalhadores de São Paulo, Emídio de Souza, que esteve no Instituto mais cedo para parebenizar o ex-presidente, deixou o local às 17h30. Segundo ele, Lula estava muito feliz.

Presidente nacional do PT, Rui Falcão chegou ao local da comemoração às 17h45, mas não falou com a imprensa. A mulher do ex-presidente, Marisa Letícia, a filha Lurian, além de Marco Aurelio Garcia, Paulo Fiorilo e o prefeito Fernando Haddad também participam das comemorações.

Ao sair da festa, pouco depois da presidenta, Rui Falcão disse que “foi um evento de carinho, de festa, de amizade, esse foi o significado da vinda dela [Dilma] aqui”. Segundo ele, a relação entre Dilma e Lula estava boa “como sempre foi”. Ontem a Folha de S.Paulo divulgou que o ex-presidente teria responsabilizado Dilma pelos desdobramentos da Operação Zelotes, que envolveria seu filho Luis Cláudio Lula da Silva.

Sobre o pedido de impeachment, Rui Falcão acredita que não há fundamentos. ” É uma tentativa desesperada da oposição conservadora de encurtar o mandato da presidenta. Aqueles que não souberam ganhar, agora também não sabem perder”, disse.

O presidente do PT afirmou que o importante, neste momento, é o país voltar a crescer, aprovar a Contribuição sobre Movimentação Financeira (CPMF), o Orçamento, o repatriamento de recursos. “Para o país crescer, para a economia funcionar melhor do que já está, não pode criar crise artificial. A oposição precisa parar de torcer pelo ‘quanto pior, melhor'”, acrescentou.

Jornal do Brasil