El Movimiento Sin Tierra de Brasil encabeza la Marcha por la Democracia y por “Lula libre”

38

Ceará marcha por democracia e por Lula livre nesta segunda-feira

Marcha por Democracia e Lula livre parte às 6h do Centrex, no município de Caucaia, no Ceará, e segue em direção ao Centro de Fortaleza. A marcha é uma iniciativa do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) em parceria com a Frente Brasil Popular.

O integrante da direção nacional do MST no Ceará, Pedro Neto, afirma que a marcha expressa o sentimento de indignação contra a postura do Judiciário brasileiro. Além de ser uma demonstração de resistência em defesa da liberdade do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Ele destaca que a prisão de Lula é política.

“É uma marcha pela retomada da democracia – que está ameaçada em nosso país -, pela reforma agrária e em defesa da candidatura de Lula”.

Segundo a pesquisa CUT/Vox Populi, mesmo preso, o petista teria 39% das intenções de voto e venceria com folga em um eventual segundo turno.

Neto destaca que a marcha do MST busca ampliar o diálogo com a sociedade sobre o golpe em curso no País, iniciado com o impeachment que afastou a presidenta Dilma Rousseff. “O golpe foi dado pela direita desse país para retirar nossos direitos”. No ano passado, por exemplo, foi aprovada a Reforma Trabalhista, que precarizar relações de trabalho e ampliar lucro dos empresários. O governo Temer (MDB) também aprovou a Emenda Constitucional 95, que congela a taxa de investimentos públicos por 20 anos.

O integrante do MST afirma que este processo só poderá ser revertido com a participação popular e com o povo nas ruas.

Brasil de Fato


VOLVER
Más notas sobre el tema