Elecciones en Brasil: el PT es el partido con más gobernadores electos

PT é o partido com mais governadores. PSL surge no mapa eleitoral

Finda a eleição nas 27 unidades da federação, o PT, mesmo derrotado no plano federal, é o partido com maior número de governos estaduais. Foram quatro, todos na região Nordeste – além de sair vitoriosa nas outras cinco candidaturas que apoiou na região.

A última vitória veio neste domingo (28), com o triunfo no Rio Grande do Norte, que tem a senadora Fátima Bezerra como única mulher eleita governadora. Professora de origem, ela tem 63 anos e é filiada ao partido praticamente desde o início, em 1981.

O PSL do presidente eleito aparece no mapa eleitoral com três estados, dois na região Norte (Rondônia e Roraima) e um no Sul (Santa Catarina). O PSDB venceu também em três, todos hoje, incluindo o maior colégio eleitoral, São Paulo, além de Rio Grande do Sul e Mato Grosso do Sul.

O MDB, que havia vencido em Alagoas no primeiro turno, ganhou hoje no Distrito Federal, com um estreante (Ibaneis), e no Pará, com um “veterano” (Helder, filho do cacique Jader Barbalho). Terminou também com três.

No primeiro turno, o PSB venceu em três estados: Espírito Santo, Paraíba e Pernambuco, todos com reeleição. Na mesma situação, o PT voltou a ganhar na Bahia, no Ceará e no Piauí.

O PSC levou o segundo maior colégio, Rio de Janeiro. E venceu também no Amazonas. O Novo ficou com o terceiro maior colégio, Minas Gerais.

Também no dia 7, o DEM conseguiu dois governos estaduais, ambos na região Centro-Oeste: Goiás e Mato Grosso. O PSD venceu há três semanas no Paraná e hoje em Sergipe.

Ainda com um cada, ficaram PCdoB (Maranhão), PDT (Amapá), PHS (Tocantins) e PP (Acre).

Rede Brasil Atual


Veja todos os 14 governadores eleitos no segundo turno no Brasil

Os brasileiros escolheram neste domingo, 28, governadores de 14 unidades da Federação. As eleições 2018 foram para o segundo turno em Minas Gerais, Rio de Janeiro, São Paulo, Amapá, Rondônia, Rio Grande do Norte, Amazonas, Pará, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Sergipe, Roraima e também no Distrito Federal.

Confira abaixo os governadores eleitos em cada um desses Estados.

São Paulo

João Doria, candidato do Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB), foi eleito governador do Estado de São Paulo neste domingo, 28. Com a totalidade das urnas apuradas, Doria obteve 10.990.160 (51,75%) dos votos. Seu concorrente, Márcio França, do Partido Socialista Brasileiro (PSB), conquistou 10.248.653 (48,25%) dos votos.

Minas Gerais

O candidato do partido Novo, Romeu Zema, foi eleito neste domingo, 28, o novo governador de Minas Gerais. Com 99,96% das urnas apuradas, Zema tem 71,80% dos votos, segundo o Tribunal Regional Eleitoral (TRE) do Estado. O segundo colocado, Antônio Anastasia, do PSDB, tem 28,20% dos votos e não pode mais superar o rival.

Rio de Janeiro

O candidato Wilson Witzel, do Partido Social Cristão (PSC) é o novo governador do Estado do Rio de Janeiro. Com 100% das urnas apuradas, Witzel obteve 59,87% dos votos válidos. O segundo colocado, o candidato do Democratas (DEM), Eduardo Paes, recebeu 40,13% do total.

Rio Grande do Norte

A candidata do Partido dos Trabalhadores (PT), senadora Fátima Bezerra, venceu a disputa pelo governo do Rio Grande do Norte e se tornou a única mulher eleita governadora em 2018. Com 100% das urnas apuradas, ela teve 57,60% dos votos, contra 42,40% do concorrente Carlos Eduardo (PDT).

Distrito Federal

O candidato do Movimento Democrático Brasileiro (MDB), Ibaneis Rocha, foi eleito no Distrito Federal. Com todas as urnas apuradas, Ibaneis teve 69,79% dos votos. O segundo colocado, Rodrigo Rollemberg (PSB), ficou com 30,21%.

Amazonas

Com 99,70% das urnas apuradas, o candidato do PSC, Wilson Lima está matematicamente eleito para o governo do Amazonas. Wilson Lima tem 58,54% dos votos. O segundo colocado, Amazonino Mendes, do PDT, tem 41,46% dos votos.

Amapá

O candidato do Partido Democrático Trabalhista (PDT), Waldez Góes, foi reeleito governador do Amapá no segundo turno das eleições 2018. Goéz obteve 52,35% dos votos válidos e o segundo colocado, João Alberto Capiberibe, do Partido Socialista Brasileiro (PSB-AP), teve 47,65% dos votos.

Mato Grosso do Sul

Com 100% das urnas apuradas, Reinaldo Azambuja (PSDB) foi reeleito governador de Mato Grosso do Sul, com 52,35% dos votos. O tucano recebeu 677.310 votos contra 616.422 (47,65%) de seu adversário, o juiz federal aposentado, Odilon de Oliveira (PDT).

Pará

O candidato Helder Barbalho (MDB) foi eleito neste domingo, 28, governador do Pará. Com 99,98% das urnas apuradas, Barbalho acumulou 55,43% dos votos válidos contra 44,57% do seu adversário, Marcio Miranda, do DEM.

Rondônia

O candidato Coronel Marcos Rocha (PSL) foi eleito neste domingo, 28, governador de Rondônia com 66,34% dos votos válidos. O segundo colocado, Expedito Júnior (PSDB), teve 33,66% dos votos.

Roraima

O candidato do PSL, Antonio Denarium, foi eleito neste domingo, 27, governador de Roraima. Com 99,91% das urnas apuradas, Denarium teve 53,36% dos votos válidos. O segundo colocado, José de Anchieta, do PSDB, teve 46,64% dos votos.

Rio Grande do Sul 

Com 100% das urnas apuradas, o ex-prefeito de Pelotas Eduardo Leite (PSDB) é o novo governador do Rio Grande do Sul. O tucano, com 53,62% dos votos válidos, bateu o candidato à reeleição, José Ivo Sartori (MDB), com 46,38%, nas eleições 2018.

Santa Catarina

O candidato do Partido Social Liberal (PSL), Comandante Moisés, foi eleito o governador de Santa Catarina. O comandante recebeu 71,09% dos votos válidos, segundo o Tribunal Superior Eleitoral. O segundo colocado, Gelson Merísio, do PDT, teve 28,91% dos votos.

Sergipe

O governador Belivaldo Chagas (PSD) foi reeleito para o cargo com 64,72% dos votos válidos. O segundo colocado, Valadares Filho (PSB), conseguiu 35,28% dos votos.

Estadão de Minas