Bolsonaro libera el uso de más de 51 agrotóxicos en Brasil

Bolsonaro libera uso de mais 51 agrotóxicos nas lavouras do País

O governo de Jair Bolsonaro segue contribuindo para levar mais veneno à alimentação dos brasileiros. Nesta segunda-feira, 22, o Ministério da Agricultura aprovou o registro de mais 51 agrotóxicos, totalizando 262 agrotóxicos desde o início do governo. O ritmo de liberação de novos pesticidas é o mais alto já visto para o período.

Segundo informações do G1, desse total, 7 são produtos formulados, aqueles que os agricultores podem comprar em lojas de insumos agrícolas. O princípio ativo sulfoxaflor, que controla insetos que atacam frutas e grãos, como a mosca branca e o psilídeo, está em 6 desses produtos.

O sulfoxaflor é relacionado à redução de enxames de abelhas e está em estudo no exterior. Segundo o governo, o uso do agrotóxico no Brasil deverá seguir as orientações estabelecidas pelo Instituto Brasileiro do Meio Ambiente (Ibama).

Entre os produtos formulados registrados nesta segunda-feira também está um herbicida à base do ingrediente ativo florpirauxifen-benzil. O produto técnico já havia sido aprovado em junho.

A maior velocidade na liberação de pesticidas nos últimos 3 anos, segundo o Ministério da Agricultura, se deve a “medidas desburocratizantes” adotadas nos órgãos que avaliam os produtos, em especial na Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), considerada o principal gargalo.

Brasil 247