Copa América | Jugadores de Brasil ponen en duda su participación

775

Alerta en Brasil: Neymar y compañía se oponen a la Copa América

Hay mucho ruido en Brasil por la organización de la Copa América. Pero ahora las críticas surgieron desde las entrañas de la Verdeamarela. Este jueves, la prensa brasileña dio cuenta de que los jugadores del exterior se oponían a partipar del certamen. Y, más tarde, el DT Tite reconoció el malestar en conferencia de prensa.

“Ellos tienen una opinión, se la expresaron al presidente, y la expresarán al público en el momento oportuno. Esto también tiene que ver con la ausencia de nuestro capitán, Casemiro, aquí en esta entrevista”, dijo Tite en la conferencia de prensa previa al encuentro ante Ecuador por las Eliminatorias.

La Conmebol anunció este lunes que la Copa América se desarrollará en Brasil, luego de que la Argentina desistiera de ser sede debido a la emergencia epidemiológica por el Covid. La noticia generó críticas en distintos sectores de la vida pública brasileña. Incluso, hubo advertencias de que se llevaría el caso a la Corte Suprema para frenar el torneo. Pero, finalmente, el gobierno de Bolsonaro confirmó este martes que el certamen se desarrollaría en cuatro ciudades: Río de Janeiro, Goiania, Mato Grosso y Brasilia.

Ya con el anuncio del fixture, y a diez días del arranque, los jugadores de la selección brasileña se reunieron este jueves con Tite para manifestarles su oposición a jugar la Copa América, según reveló Radio Gaúcha. Y también se juntaron con el presidente de la Confederación Brasileña de Fútbol (CBF), Rógerio Caboclo. Esta información luego resultó confirmada por el entrenador.

“Les pedimos a los jugadores que se enfocaran sólo en el partido contra Ecuador. A continuación, solicitaron una conversación directa con el presidente. Fue una conversación muy clara y directa. A partir de entonces, la posición de los jugadores también quedó clara. Tenemos una posición, pero no la vamos a expresar ahora. Ahora tenemos una prioridad para jugar bien y ganar el partido contra Ecuador. Entendemos que después de esta fecha FIFA, las situaciones se aclararán”, advirtió el DT.

Tite, por otra parte, confirmó el equipo que este a las 21.30 recibirá a Ecuador por la séptima fecha de las Eliminatorias: Alisson, Danilo, Eder Militao, Marquinhos, Alex Sandro; Casemiro, Fred, Lucas Paquetá; Richarlison, Neymar y Gabriel Barbosa.

Olé


Tite: Após eliminatórias, atletas da seleção anunciarão se jogam a Copa América no Brasil

O técnico da seleção brasileira Tite confirmou nesta quinta-feira (03) que parte dos jogadores têm um posicionamento sobre disputar ou não a Copa América no Brasil. Tite foi questionado sobre a informação de que os atletas que jogam na Europa teriam comunicado que não querem atuar no torneio, marcado para começar no dia 13 de junho.

“Eles têm uma opinião, externaram lealmente ao presidente [da CBF] e vão externar de forma pública no momento oportuno. Inclusive, a não estada do capitão é em função disso também”, resumiu o treinador, evitando confirmar que há jogadores que podem não disputar o torneio no Brasil.

Casemiro, capitão da seleção brasileira, estava confirmado como um dos representantes da equipe na coletiva de imprensa, mas não compareceu.

Na sequência, Tite reafirmou que um posicionamento da comissão técnica, da CBF e dos jogadores será divulgado, mas pediu que, neste momento, o foco seja no jogo das Eliminatórios da Copa do Mundo, nesta sexta-feira (04), contra o Equador.

O Brasil estreia na Copa América no dia 13 de junho, contra a Venezuela, no estádio Mané Garrincha, em Brasília. A competição será realizada no país depois que Colômbia e Argentina desistiram de sediar o torneio por causa da pandemia.

“Temos uma opinião muito clara e fomos lealmente, numa sequência cronológica, eu e Juninho, externando a nossa opinião. Pedimos aos atletas para ficarem focados apenas no jogo contra o Equador. Na sequência, eles solicitaram uma conversa direta com o presidente [da CBF]”, relatou Tite. “Temos uma posição, mas não vamos externar isso agora. A prioridade agora é jogar bem e ganhar o jogo de amanhã. Depois dessa data Fifa, as situações vão ficar claras”, disse.

UOL


Bolsonaro faz passeio de moto na cidade de Formosa, em Goiás

Um dia após pronunciamento em que prometeu vacinar a população adulta ainda em 2021, o presidente da República, Jair Bolsonaro, viajou para Formosa neste feriado de Corpus Christi, 3, onde fez um passeio de moto na cidade, que fica em Goiás, a 80 quilômetros de Brasília.

Um vídeo mostra Bolsonaro sem máscara em meio a aglomeração na chegada à cidade e outro, usando máscara, em uma missa na catedral e, depois, o presidente seguiu de moto para Salto do Itiquira, um ponto turístico do município. O encontro não consta na agenda oficial do presidente. Segundo a Prefeitura de Formosa, 85% dos leitos de UTI estão ocupadas com pacientes de covid-19.

Em pronunciamento feito na noite de quarta-feira, Bolsonaro prometeu vacinas para todos os brasileiros “que assim o desejarem” até o fim do ano. Durante a fala do presidente, houve panelaços em todo o País.

Até agora, passado cerca de um ano e meio do início da pandemia, o ritmo de vacinação é lento no Brasil. Até esta terça-feira, 10,6% dos brasileiros (22,6 milhões de pessoas) tinham recebido duas doses de vacina, necessárias para assegurar a imunização.

Correio do Povo


VOLVER

Más notas sobre el tema