Brasil | Masivas movilizaciones y actos en defensa de la democracia en todo del país

1.226

Masivas marchas en Brasil en defensa de la democracia tras el intento de golpe a Lula

Desde Brasilia y San Pablo hasta Manaos, las capitales estaduales se movilizan ante el intento de golpe ocurrido este domingo en manos de bolsonaristas. Además, también hay marchas en Nueva York, Buenos Aires, Berlín y Barcelona, entre otras ciudades del mundo.

Luego del intento golpista llevado a cabo por manifestantes bolsonaristas este domingo por la tarde, la sociedad civil, organizaciones sociales, movimientos populares y partidos políticos convocaron a manifestarse en las calles de todo Brasil en defensa de la democracia. San Pablo y Brasilia concentran gran parte de las movilizaciones que comenzaron a mediodía y que tendrán como punto cúlmine en horas de la noche.
En San Pablo los actos comenzaron a mediodía, en Largo San Francisco, frente a la Facultad de Derecho de la USP, con la convocatoria del Colectivo USP bajo la consigna «En Defensa de la Democracia» ante «los graves hechos golpistas ocurridos en Brasilia y otras ciudades del país».«La gente en la calle defenderá la democracia y sus derechos sociales”, informó la organización, según recoge el sitio Brasil de Fato.https://twitter.com/MidiaNINJA/status/1612560377589518344?s=20&t=clgou0qDB-_rOKto0b4Z1Q

A partir de las 18, también en la ciudad paulista se dan cita los movimientos populares. La convocatoria se lleva a cabo en el espacio del MASP, en la Avenida Paulista. “Los actos contarán con la participación de diferentes movimientos sociales agrupados en los frentes Povo Sem Medo y Brasil Popular, que acordaron esta noche realizar la manifestación”, informaron las organizaciones.

Desde la CUT San Pablo manifestaron la convocatoria a marchar en defensa de la democracia en distintos puntos de la ciudad paulista «en repudio al golpe de Estado».

Por su parte, en Brasilia, epicentro del intento de golpe, la manifestación comenzó a las 17 frente al Palacio Buriti. De acuerdo a la convocatoria de las organizaciones, el objetivo es pedir la destitución del gobernador Ibaneis Rocha (MDB), quien fue destituido de su cargo por 90 días por orden del Ministro del Supremo Tribunal Federal (STF) Alexandre de Moraes.

Además, el Partido de los Trabajadores convocó a sus manifestantes en todo el mundo a salir a las calles a condenar los hechos. “A partir de ahora estamos en movilización permanente. Mañana al final de la tarde tendremos actos en defensa de la democracia y contra los delincuentes en varios lugares de Brasil. Además de la ofensiva judicial y policial tenemos la popular”, declaró. la presidenta del partido, Gleisi Hoffmann.

Las convocatorias a nivel global tendrán lugar en Nueva York (Estados Unidos), Buenos Aires (Argentina), Berlín (Alemania), Barcelona (España), Roma (Italia), Dublín (Irlanda), Ciudad de México (México), Lisboa (Portugal), Londres (Reino Unido) y Zurich (Suiza), entre otros.

En paralelo, el presidente Lula habló continúo recibiendo llamados de distintos líderes y expresidentes, quienes le expresaron su repudio a lo sucedido y se solidarizaron con el pueblo brasileño. En las últimas horas, el líder petista se comunicó con el expresidente de EEUU, Bill Clinton, con el mandatario cubano, Miguel Díaz Canel y con el primer ministro de Portugal, António Costa

Ámbito


Movimentos vão às ruas nesta segunda em defesa da democracia; confira locais e horários

A partir desta segunda-feira (9), diversos municípios do país serão palco de manifestações em defesa da democracia e contra a última investida golpista e criminosa realizada por bolsonaristas, em Brasília, neste domingo (8).

Os atos foram convocados por movimentos populares, partidos e sindicatos que exigem que todos os responsáveis pela invasão às sedes dos Três Poderes sejam punidos e que não ocorra anistia àqueles que incentivaram ataques ao Estado Democrático de Direito mesmo antes do ato criminoso, como o ex-presidente Jair Bolsonaro (PL).

Até às 23h deste domingo, a Polícia Civil do Distrito Federal prendeu em flagrante cerca de 300 apoiadores do ex-presidente, que foram encaminhados para a sede da corporação. «Estão sendo identificados e ouvidos nos autos do inquérito que investiga todos os atos criminosos ocorridos esta tarde na Esplanada dos Ministérios», informou a corporação.

Saiba mais: «Vandalismo», «inação da PM»: mundo político reage aos ataques de golpistas pró-Bolsonaro.

As prisões em flagrante foram realizadas pelo crime de tentar de «depor, por meio de ato de violência ou grave ameaça, o governo legitimamente constituído», cuja pena varia entre 4 e 12 anos de prisão.

No mesmo dia, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) decretou intervenção federal na segurança pública do Distrito Federal até 31 de dezembro. «Todas as pessoas que fizeram isso serão encontradas e punidas. Vão perceber que a democracia garante direito de liberdade e livre expressão, mas exige que as pessoas respeitem as instituições”, afirmou Lula.

Manifestações

Em São Paulo, terá ato público em defesa da Democracia, às 12h, no histórico Largo São Francisco, em frente à Faculdade de Direito da USP. «O Coletivo USP em defesa da Democracia, frente aos graves acontecimentos golpistas ocorridos em Brasília e outras cidades do país no dia de hoje, convida toda a população, as entidades sociais e democráticas, partidos e movimentos a se manifestarem conosco no Ato Público em Defesa da Democracia e contra os golpistas. O povo na rua vai defender a democracia e os seus direitos sociais», informou a organização.

Também em São Paulo, os movimentos populares se reúnem às 18h, no vão do MASP, na Avenida Paulista. «Os atos terão a participação de diferentes movimentos sociais reunidos nas frentes Povo Sem Medo e Brasil Popular, que acertaram em conjunto na noite de hoje a realização da manifestação», informaram as organizações.

Em Brasília, a manifestação será em frente ao Palácio do Buriti, às 17h. No local, os manifestantes devem pedir o impeachment do governador Ibaneis Rocha (MDB). Ele foi afastado do cargo por 90 dias pelo ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Alexandre de Moraes devido à invasão às sedes dos Três Poderes.

Sul e Sudeste

Espírito Santo

Vitória – Teatro da Ufes, às 16h.

Minas Gerais

Belo Horizonte – Praça Sete de Setembro, às 18h.

Alfenas – Antiga Rodoviária, às 17 horas.

Divinópolis – esquina da rua São Paulo com avenida 1° Junho, às 17h.

Juiz de Fora – Parque Halfeld – 17h

Lavras – Praça Dr. Augusto Silva – 18 horas

Montes Claros – Praça Dr. Carlos Versiani – 18 horas

Poços de Caldas – Praça do Coreto – 18 horas

Teófilo Otoni – Praça Tiradentes – 18 horas

Uberlândia – Praça Ismene Santos, às 18h

Varginha – Praça do ET – 18h

Paraná

Curitiba – Praça Santos Andrade, às 18h.

Londrina – Calçadão/Teatro Ouro Verde, às 17h.

Rio de Janeiro

Rio de Janeiro – Cinelândia, às 18h.

Cabo Frio – Largo do São Francisco – 18 horas

Campos – 16 horas

Nova Friburgo – Praça Demerval Barbosa Moreira – 18 horas

Petrópolis – Praça da Inconfidência – 18 horas

Resende – Mercadão Popular – 18 h

Volta Redonda – Praça Juarez Antunes – 17 horas

Rio Grande do Sul

Porto Alegre – Esquina Democrática, às 18h.

Rio Grande – Largo Dr. Pio‬, às 18h.

‪Pelotas – Esquina Democrática‬, às 18h.

Santa Maria – Praça Saldanha Marinho‬, às 17h.

‪Caxias – Praça Dante, às 18h. ‬

‪Santa Cruz do Sul – Praça da Bandeira‬, às 18h.

Ijuí – em frente à Câmara de Vereadores, às 18h.

‪Lajeado – Parque dos Dick, às 18h.

Santa Catarina

Florianópolis – Largo da Alfândega, 18h.

Blumenau – Teatro Carlos Gomes – 18 horas

Chapecó – Praça Central – 18 horas

São Paulo

São Paulo – Largo São Francisco, às 12h, e vão do MASP, às 18h.

Bauru – Câmara Municipal, às 18h.

Campinas – Largo do Rosário, às 17h.

Marília – Praça Saturnino de Brito  – 18 horas

Ribeiro Preto – Esquina Democrática, às 16h.

São José dos Campos – Praça Afonso Pena, às 18h.

Centro-Oeste

Distrito Federal

Brasília – Palácio dos Buritis, às 17h.

Goiás

Goiânia – Praça Universitária, às 18h.

Mato Grosso

Cuiabá – Praça Ulysses Guimarães, às 17h.

Rondonópolis – Praça dos Carreiros, às 17h.

Nordeste e Norte

Alagoas

Maceió – Praça Centenário, às 16h.

Amazonas

Manaus – CDC UFAM, às 16h e no Largo de São Sebastião, às 17 horas

Amapá

Macapá – Praça Veiga Cabral, às 18h.

Bahia

Salvador – Campo Grande, às 16h.

Ceará

Fortaleza – cruzamento da Av. 13 de Maio com Av. da Universidade, às 16h.

Juazeiro do Norte – Praça da Prefeitura, às 16h.

Maranhão

São Luís – Praça Deodoro, às 16h30.

Piauí 

Teresina – cruzamento da avenida Frei Serafima com a avenida Miguel Rosa, às 17h.

Pará

Belém – São Brás, às 18h.

Paraíba

João Pessoa – busto de Tamandare, às 17h.

Campina Grande – Praça da Bandeira, às 16h.

Pernambuco

Recife – Praça do Derby, às 16h.

Rio Grande do Norte

Natal – Midway Mall, às 17h.

Sergipe

Aracaju – Praça Mini-Golfe (OAB), às 17h

Tocantins

Palmas – Parque dos Povos Indígenas – 17 horas

Exterior

Estados Unidos

Nova Iorque – Union Square – 17 h

França

Paris – 34’ Cours Albertier 75008 – 17h30

Brasil de Fato


Mulheres pela Democracia realiza manifestação em Goiânia como resposta a ataques terroristas

Atos acontecem em Goiânia e várias cidades brasileiras. (Foto: Divulgação)

O Movimento Mulheres pela Democracia realiza, a partir das 18h desta segunda-feira (9), na Praça Universitária, em Goiânia, sob o coro ”sem anistia”, ato em resposta aos ataques terroristas neste domingo (8) em Brasília. Além da capital o ato acontece simultaneamente em várias cidades brasileiras.

O movimento pede a punição dos envolvidos em toda as manifestações antidemocráticas e golpistas registradas por bolsonaristas, que não aceitam a derrota para o presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT). Nas redes sociais, os manifestantes convocam a população para ”derrotar o golpe nas ruas”.

Ao Diário de Goiás, uma das organizadoras da manifestação em Goiânia, Kelly Cristina, presidente do PT Mulher, disse que os atos pela democracia que se realizam em todo Brasil carregam um importância histórica enorme pois demonstrarão o apoio popular e dos movimentos sociais organizados à Democracia, à Legalidade, ao Estado de Direito.

”Os atos mostram também o repúdio aos crimes e horrores que assistimos ontem. Cenas de culto à destruição, à morte e ao golpismo, típicas do fascismo. Mas que jamais podem triunfar sobre a Soberania do Voto”, afirma.

Kelly classifica como um total desrespeito à arte, ao patrimônio e às instituições da República, com conivência criminosa e a omissão escandalosa de agentes públicos que deveriam zelar pela Segurança. ”Não passarão! Seguimos atentos e fortes em apoio ao governo popular e democrático do presidente Lula”, garante.

De acordo com a presidente do PT Mulher em Goiás, estas manifestações só chegaram até este nível pela conivência e ”cumplicidade de agentes públicos que deveriam agir”. ”Há meses preparam e organizam abertamente atos golpistas nas portas dos quartéis, com ameaças graves ao presidente Lula, ao ministro Alexandre de Moraes e outras lideranças”, frisa.

Segundo Kelly a população precisa demonstrar seu repúdio e não cumplicidade com os crimes praticados neste domingo, em Brasília. Assim como todas as organizações e instituições que prezam pela vida, pela paz e pelo bem comum não podem recuar diante do ataques aos seus direitos e à própria constituição.

”Nenhuma Organização da Frente Brasil Popular, Povo Sem Medo, Fora Bolsonaro e Centrais Sindicais estão pregando qualquer confronto direto com os fascistas de ontem ou que estão sendo retirados das portas dos quartéis. Mas ocupar as ruas em ato cívico, demonstrar a nossa indignação e exigir a punição dos financiadores, organizadores do golpe fracassado de domingo é fundamental para fortalecer as instituições Republicanas e também as autoridades que prezam e zelam da Legalidade no país”, finaliza.

Outras cidades

Além de Goiânia, o movimento acontecerá em várias cidades brasileiras, sendo elas:

  • SP: MASP 18h
  • MA – São Luís: Praça Deodoro 17:30h
  • RS: Porto Alegre – Esquina Democrática 18h
  • MT: praça Ulysses Guimarães 17H
  • MG: Belo Horizonte – Praça 7 18H
  • GO: Goiânia- Praça Universitária 18h
  • RJ: Cinelândia, 18h.
  • AM: Largo São Sebastião, 16h
  • RN: Midway Mall, 17h
  • Uberlândia/MG, Praça Tubal Vilela 18h
  • Poços de Caldas/MG, Coreto 18h
  • Macapá/AP, Praça Veiga Cabral 18h
  • PI. Teresina, Cruzamento da Av. Frei Serafim com Miguel Rosa às 17h
  • MS, Praça do Rádio, Campo Grande 17hrs
  • PE, Praça do Derby, Recife 16hrs
  • PR, Curitiba, Praça Santos Andrade, às 18h
  • BA, Salvador, Praça do Campo Grande, às 16h
  • SC – Florianópolis – Alfândega – 18hrs
  • PR, Ponta Grossa, Igreja dos Polacos, às 18h
  • PR, Maringá, Prefeitura, às 18h
  • PA – Belém, 16h, São Brás

Diariodegoias

Más notas sobre el tema