Tras la cancelación de la visita a Obama, Dilma viaja a EEUU para la Asamblea de la ONU

Após adiar visita oficial aos EUA, Dilma viaja a Nova Iorque para participar de Assembleia da ONU

Presidente deverá aproveitar espaço para criticar política de espionagem da qual foi vítima direta.

Nesta segunda-feira (23/09), a presidente do Brasil, Dilma Roussef, chegará a Nova York para participar da Assembleia Geral das Nações Unidas, onde provavelmente criticará a política de espionagem dos Estados Unidos da qual foi vítima direta.

Após adiar a visita oficial ao país, programada para o dia 23 de outubro, Dilma partirá para Nova York na noite de hoje e amanhã não terá compromissos oficiais, segundo a agenda oficial divulgada pela presidência.

A reunião, que acontece nesta terça-feira (24/09), contará com um discurso de abertura da governante brasileira. É esperado que Dilma aproveite o espaço para abordar a necessidade de se adotar medidas globais para impedir a espionagem e para criticar a política monetária dos Estados Unidos e seu impacto nas moedas nacionais.

Outros assuntos que deverão ser levantados pela presidente são o reconhecimento ao Estado palestino e a rejeição da diplomacia brasileira à possibilidade de uma intervenção na Síria sem o apoio das Nações Unidas.

Além de participar da Assembleia Geral, Dilma aproveitará sua estadia em Nova York para se reunir com empresários norte-americanos e operadores do mercado de Wall Strett, para quem apresentará oportunidades de negócios no Brasil.

 

http://operamundi.uol.com.br/conteudo/noticias/31376/apos+adiar+visita+oficial+aos+eua+dilma+viaja+a+nova+iorque+para+participar+de+assembleia+da+onu.shtml