Policía brasileña realizó paro por aumento salarial y amenaza con protestas durante el Mundial

Agentes da PF fazem paralisação e reiteram ameaça de greve durante a Copa

A polícia Federal (PF) realizou nesta quarta-feira uma greve em diferentes estados do país e reiterou a ameaça de uma possível paralisação durante a Copa do Mundo caso não haja um acordo com o governo até o fim do mês, informaram à Agência Efe fontes sindicais.

No Rio de Janeiro, um grupo de cerca de 30 policiais se reuniu em frente à casa de shows Vivo Rio, onde o treinador da seleção brasileira, Luiz Felipe Scolari, anunciava a lista com os 23 jogadores convocados para o Mundial.

Os agentes reivindicam, entre outras coisas, reestruturação do plano de carreira, reajuste salarial, novas contratações e mudanças nos processos de investigações criminais.

“Não acho que haverá um acordo nos próximos meses porque não houve em três anos e estamos sem aumento salarial há oito anos”, disse à agência Efe um porta-voz da Polícia Federal do estado do Rio de Janeiro.

Caso não haja um acordo com o governo estadual nas próximas semanas, de acordo com a fonte, os agentes realizarão uma paralisação “total” no Rio de Janeiro, uma das 12 cidades-sede da Copa do Mundo de 2014, que começa no próximo dia 12 junho.

Nesta quarta-feira, alem do Rio de Janeiro, também houve paralisações nos estados de Alagoas, Ceará, Distrito Federal, Mato Grosso, Pará, Piauí, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul e Sergipe.

http://esportes.terra.com.br/futebol/agentes-da-pf-fazem-paralisacao-e-reiteram-ameaca-de-greve-durante-a-copa,dc5f347cbe4d5410VgnCLD2000000ec6eb0aRCRD.html